Câmara participa de debate sobre cultura de paz e violência doméstica

por Técnico de Comunicação Social publicado 04/08/2017 16h14, última modificação 04/08/2017 16h14
Câmara participa de debate sobre cultura de paz e violência doméstica

Presidente da Câmara (segundo a partir da esquerda) em seu pronunciamento durante o evento

 

A Câmara Municipal de São João da Boa Vista esteve presente em reunião extraordinária realizada na manhã desta sexta-feira (04/08/17) pelo Conselho Comunitário de Segurança (Conseg), no auditório do Ciesp. Foram debatidos temas como Violência Doméstica e Cultura de Paz.

O convite partiu do Conseg, que organizou o encontro. Participaram o presidente da Câmara, Gérson Araújo, e os vereadores Dr. Zé Eduardo, Fernando Betti e Professora Can, além do prefeito Vanderlei Borges de Carvalho; do presidente do Conseg, David Noronha; e de autoridades da segurança pública.

A reunião contou também com a presença da deputada federal Keiko Ota e do vereador paulistano Masataka Ota, marido da deputada, além de vereadores da região de São João, psicólogos, especialistas da Educação e do poder público.

Ao lado de outros profissionais, o casal proferiu uma palestra a respeito dos temas, lembrando sua trajetória e o assassinato do filho, em 1997. Ambos defenderam o perdão e ressaltaram a necessidade de justiça. A deputada explicou como propôs o Dia Nacional do Perdão (30 de agosto), aprovado em abril de 2017 – Lei Federal 13.437/17.


Data municipal

O presidente Gérson Araújo, que compôs a mesa, afirmou que o debate em torno dos temas é fundamental. Junto aos vereadores que participaram do encontro, sinalizou a intenção de instituir em São João o Dia Municipal do Perdão. Segundo ele, a matéria deve ser editada já nas próximas semanas e ser submetida a votação pelo Plenário do Legislativo.

Os debatedores receberam e usaram fitas alusivas ao Agosto Violeta, em referência à iniciativa que visa expandir o alcance da lei que instituiu o Dia Nacional do Perdão. A cor violeta simboliza a transformação nos planos físico e espiritual. No Agosto Violeta, a cor sugere a transição de uma cultura de violência para uma cultura de paz.

 

Veja a galeria de fotos do evento

 

---

Setor de Comunicação Social

Câmara Municipal

registrado em: ,