Legislativo participa de assinatura de contratos para ampliação de empresas no Distrito Industrial

por Técnico de Comunicação Social publicado 06/07/2018 12h05, última modificação 06/07/2018 12h05
Legislativo participa de assinatura de contratos para ampliação de empresas no Distrito Industrial

Vereadores, prefeito, assessora de Desenvolvimento Amélia Queiroz e empresários

 

A Câmara Municipal de São João da Boa Vista participou na quinta-feira (05.07.18) da cerimônia de assinatura de contratos que permitem à Prefeitura doar áreas para a expansão de empresas no Distrito Industrial. Os contratos foram assinados no Salão Nobre do Executivo pelo prefeito Vanderlei Borges de Carvalho.

Pelo Legislativo participaram o presidente, Gérson Araújo, e os vereadores João Anselmo e Odair Pirinoto. Gérson ressaltou o apoio da Câmara aos empresários, por meio da aprovação dos projetos de lei necessários para as doações de lotes.

Segundo a Prefeitura, com os lotes recebidos os empresários têm a oportunidade de aumentar a linha de produção em terreno apropriado e ofertar quase 100 novas vagas de emprego em São João. O prazo é de 6 meses para o início da edificação dos galpões e de 2 anos para que os empreendimentos sejam devidamente estabelecidos no Distrito Industrial.


Empresas

De acordo com o Executivo, a empresa Doces Tassone, no ramo alimentício, iniciará as obras numa área de 2.922,46 m². No ramo de embalagens, a Comércio de Embalagens Plásticas Poveda Ltda. irá construir o galpão no lote doado de 1.452,33 m². A MV Doces Silveira recebeu uma área de 2.900 m². A Lubtoll Produtos Químicos Industriais foi beneficiada com um lote de 8.179,83 m². A Plaston Termoplástico, de Pirassununga, terá a oportunidade de construir um galpão numa área de 11.975,30 m². Especializada no mercado de reparação mecânica, a empresa Sérgio Antonio Benedeti aumentará a linha de produção num terreno de 2.476,17 m².


Empregos

A administração municipal ressaltou a importância da geração de empregos. O prefeito Vanderlei desejou sucesso aos empresários, lembrando que os contratos devem ser cumpridos de maneira rigorosa. Segundo a Prefeitura, mesmo com o recebimento dos lotes, as empresas seguem acompanhadas e orientadas pela Assessoria de Desenvolvimento Econômico. Ao fim das obras, estando de acordo com o contrato, os empresários recebem a escritura definitiva.

 

(Com informações da Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura Municipal)

registrado em: ,